Entardecer‏

by - 22:09



Eu imaginava você em um quarto diante de uma escrivaninha, tentando rabisca algo no papel em branco, com uma caneta da sua coleção, aquele azul Royal, com os olhos filtrados no horizonte, escutando o barulho da chuva de fim de tarde. O cheiro da terra molhada, a natureza na sua dança graciosa da renovação e você buscando as palavras para colocar no papel um tiquinho do que sentia, perceber e ver ao seu redor, não esta fácil, encontrar códigos da nossa língua para se expressar, talvez fique um tanto incoerente. Menina lidar com tudo isso é intrigante, mas necessário, ao longo da vida sofremos metamorfose algumas validas outras nem tanto.

You May Also Like

0 comentários